evento_microsseguro_1

Para o presidente do Sincor-SP, corretor de seguros está pronto para distribuição do microsseguro

O presidente do Sincor-SP, Alexandre Camillo, participou da I Conferência Nacional de Microsseguros, evento online organizado pela Associação Nacional das Microsseguradoras (ANM) e a Educa Seguros, no dia 24 de novembro.

No painel “Sucesso na distribuição de microsseguros”, estiveram ainda Maurício Faggion (77Seg Insurtech) e Enio Miraglia (Milenium Consultoria), sob a mediação de José Luis Ferreira da Silva (GC do Brasil e ANM). Na ocasião, Camillo pontuou que o microsseguro é o acesso da população mais carente ao seguro. “É a democratização ao seguro e, sem dúvidas, uma oportunidade de negócios para os corretores”.

Para ele, o produto, que foi regulamentado no Brasil em 2012, ainda não havia deslanchado, porque há uma curva natural de aprendizado, mas agora, com as ferramentas tecnológicas, o corretor está pronto para incorporar esses produtos ao seu portfólio. “Antes da pandemia, o corretor via a tecnologia mais como ameaça do que como parceira de sua carteira, mas ele pôde ver a realidade, estando entre os profissionais que melhor e mais rápido se adaptaram ao home office. A tecnologia pode ajudar nas oportunidades, especialmente na distribuição de um produto de ticket baixo, com custo administrativo viável e com uma remuneração que sustente a operação. A comissão do microsseguro não é baixa se tiver uma visão da distribuição, uma ação coletiva, focada. Não é um produto para ser vendido de porta em porta, um a um, mas pode apresentar uma belíssima remuneração dependendo da estratégia e ação desenvolvidas”.

Camillo ressaltou as iniciativas da entidade com o Sincor Digital, para capacitar e oferecer ferramentas para o corretor atuar no ambiente online. “O Sincor Digital traz essa visão, para que o corretor possa diversificar sua carteira e atuar online, inclusive com microsseguros”.

Maurício Faggion corroborou que Camillo ofereça o produto do microsseguro para ser comercializado no Sincor Digital utilizando a ferramenta da 77Seg Insurtech. Enio Miraglia apresentou a evolução do produto em regulamentações, estando pronto para o mercado. “Precisamos dos experts no assunto e da tecnologia, pois o corretor está pronto, muito mais antenado, ávido por isso. Existe uma sucessão natural nas corretoras, os mais jovens já estão contextualizados com essa tecnologia de simplificação. O microssseguro traz uma expectativa grande, principalmente para aqueles que se atualizarem”.

Camillo frisou que o microsseguro será distribuído pelos corretores. “Outros segmentos buscam os corretores por conta da força de sua distribuição, porque se não chegar ao consumidor não adianta ser o melhor produto, e é o corretor de seguros quem fará o trabalho social do microsseguro e será o grande canal de distribuição do produto”.

Publicidade