Cobertura Básica

06c

Crescimento do setor

Entre janeiro e outubro deste ano, o mercado de seguros conseguiu faturar R$ 93,5 bilhões, representando crescimento de 6,9% na comparação com o mesmo período de 2018. Segundo dados da Susep, houve desempenho expressivo, bem acima da inflação acumulada, entre os dois períodos, no entanto, a taxa média de sinistralidade também cresceu, passando de 45% para 46%, com indenizações na ordem de R$ 40,1 bilhões. Nos dez primeiros meses do ano, o mercado devolveu para a sociedade algo em torno de R$ 133 milhões por dia, incluindo finais de semana e feriados.

16_cenario_saude1

Planos de saúde suspensos

Em decorrência de reclamações feitas pelos consumidores, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) suspendeu, temporariamente, a venda de 39 planos de saúde, de 12 operadoras. A proibição começou a valer no dia 9 de dezembro. Além das suspensões, a ANS também divulgou a liberação da comercialização de 11 planos, de sete operadoras do mercado. Segundo publicação da autarquia, os planos haviam sido impedidos de serem comercializados em ciclos anteriores, mas melhoraram os resultados e poderão voltar a ser vendidos.

06

Privatização de benefícios

O Governo Federal estuda proposta para que uma seguradora seja responsável pelo auxílio-doença e de acidente de servidores públicos da União, Estados e municípios. A indicação faz parte do projeto de Lei de Responsabilidade Previdenciária, que pretende incentivar Estados e municípios a fazerem uma reformulação nas regras de aposentadorias e pensões dos servidores. O Ministério da Economia também já preparou um projeto para privatizar a gestão do auxílio-doença, auxílio-acidente e salário-maternidade dos trabalhadores da iniciativa privada, tirando a responsabilidade do INSS.

07b

Austral e Terra Brasis juntas

Após anunciar fusão, as resseguradoras Austral Re, controlada pela Vinci Partners, e Terra Brasis, do grupo Plural, passam a atuar como uma única empresa. Com a união, a expectativa é de que as emissões de prêmios alcancem o montante de R$ 900 milhões em 2020. A nova resseguradora tem ativos totais de R$ 1,6 bilhão, enquanto o patrimônio líquido está em R$ 387 milhões. A estratégia será operar em todas as linhas de negócios, de maneira diversificada, mas a empresa vê potencial em seguros para agronegócio, pessoas e riscos cibernéticos.

07

Seguradora decreta falência

A Edel Seguradora, que estava em liquidação extrajudicial sob a supervisão da Susep desde 2012, teve sua falência decretada em outubro. Segundo comunicado, a massa falida não será mais conduzida por um liquidante da autarquia, mas por um administrador judicial nomeado pelo Juiz na Vara de Falências e Recuperações Judiciais, que também irá efetuar a supervisão dos trabalhos desse administrador.

07c

Generali compra seguradora de banco

O banco BMG anunciou a venda de 30% da BMG Seguros para a Generali, no valor de R$ 89 milhões. A seguradora do banco foi avaliada em R$ 297 milhões no âmbito da transação. A empresa deve receber R$ 54 milhões em até três anos e mais uma parcela de R$ 35 milhões no sexto ano após a conclusão da operação, condicionada ao atingimento de metas operacionais. O conselho da BMG Seguros será formado por cinco membros, dos quais três indicados pelo banco e dois pela Generali.

Publicidade