pg8_certificacao_digital

Certificação digital cresce mesmo com cenário desafiador em 2020

Apesar de o ano de 2020 ficar marcado pelos extraordinários desafios para todas as atividades econômicas, incluindo seguros e certificação digital, estas duas áreas são privilegiadas por conseguirem se adaptar, seguir no atendimento remoto e continuar crescendo mesmo neste cenário.

Analisando o fechamento de emissões de certificados digitais no mês de setembro, o mais recente divulgado pelo ITI (Instituto de Tecnologia da Informação), em relação a 2019, o aumento foi de 90 mil certificados emitidos no mês. Os números demonstram um crescimento de 19,4% e mais um recorde emissões.

Para o presidente do ITI, Carlos Fortner, o aumento ininterrupto da emissão de certificados digitais ratifica quão fundamental é para o cidadão e as organizações a veracidade, autenticidade e não repúdio para as transações digitais – viabilizando a identificação virtual com segurança.

Com a projeção de emissão de 6 milhões de certificados no ano de 2020, até meados de outubro, houve crescimento de 83,22% em relação ao ano anterior.

O coordenador de Certificação Digital da ID Seguro, Vinícius Ziliotti, conta que a palavra do ano foi resiliência. “Os gestores das Autoridades de Registro se prepararam operacionalmente para iniciar os atendimentos por videoconferência, que foi uma inovação de destaque para o processo da certificação digital neste ano”, relata.

“Dessa forma, mesmo a distância, os requisitos de segurança puderam ser atendidos e as ARs seguiram crescendo, como no ano anterior. De fato, todos os investidores da certificação digital souberam se adaptar muito bem às mudanças”, comemora.

Publicidade